top of page
  • clarissaliguori

Dores ortopédicas são resultados da falta de movimento

Dores nas costas, pernas, braços e pescoço acompanham muitos colaboradores, que passam mais de 5h dia sentado trabalhando, causando aborrecimentos, queda de rendimento e muitas faltas. Segundo o Inss, dores ortopédicas é o segundo maior motivo de afastamento no trabalho.


Ficar horas sentado aumenta significativamente as dores musculo esqueléticas, mas, só de você alternar sentar e levantar frequentemente durante a rotina é provável a redução da incidência de dores, principalmente nas costas (Parque & Srinivasan, 2021) Fonte:

https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/00140139.2021.1886333?journalCode=

Se você passa o dia todo trabalhando sentado, mesmo com uma super mega cadeira, ginástica laboral ou massagem esporádica, você não resolve o seu problema.


"Então, as mesas de pé são uma solução?"

Não necessariamente, os resultados deste estudo sugerem que os formuladores de políticas organizacionais devem ser cautelosos ao recomendar reduções na postura sentada sem também recomendar aumentos na atividade física”, escrevem eles.


Não basta somente levantar e continuar no mesmo lugar trabalhando.

Temos que nos levantar e ativar fisicamente o corpo a cada horas ou no máximo 2 horas.

A recomendação é que seja incorporada uma rotina de pausas ativas conscientes de hora em hora levantando e caminhando, subindo escadas, alongando ou fortalecendo o corpo por alguns minutos e as dores vão diminuir ou até sumir em poucos dias. 🙏

Leitura adicional - antiga: https://www.washingtonpost.com/news/to-your-health/wp/2015/10/14/sitting-for-long-periods-doesnt-make-death-more-imminent-study-suggests/

17 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page